segunda-feira, 7 de maio de 2012

NANANDO. O TUBARÃO SALVA-VIDAS
























ERA UMA VEZ UM TUBARÃO, QUE SE CHAMAVA NANANDO.
VIVIA PERTO DA PRAIA, NA ÁGUA MORNA DO OCEANO.

NANANDO ERA DIFERENTE, DOS OUTROS PEIXES DO MAR.
QUERIA SER SALVA-VIDAS, AS CRIANÇAS AJUDAR.

QUANDO ALGUÉM NO MAR GRITAVA, QUE ESTIVESSE A AFOGAR.
NANANDO VINHA DEPRESSA, PRA SUA AJUDA PRESTAR.

MAS AS PESSOAS PENSAVAM QUE ELE QUISESSE ATACAR.
TENTAVAM PEGAR NANANDO, QUERIAM-NO APRISIONAR.

NANANDO ENTÃO FUGIA, PARA O FUNDO DO MAR.
SEM NUNCA TER CONSEGUIDO, UMA PESSOA SALVAR.

EM DETERMINADO DIA, NUMA TARDE DE VERÃO.
NA PRAIA ESTAVA A FAMÍLIA, BEM LONGE DA MULTIDÃO.

DOIS MENINOS BRINCAVAM, NAS ONDAS MORNAS DO MAR.
ENQUANTO SEUS PAIS FICAVAM, NA AREIA A DESCANSAR.

FOI QUANDO UM DOS MENINOS, FORTE ONDA O MAR LEVOU.
GRITOU POR SOCORRO, NINGUÉM, PORÉM, ESCUTOU.

MAS O TUBARÃO NANANDO, QUE IA POR ALI PASSANDO.
OUVIU O MENINO GRITAR, EM DISPARADA, FOI NADANDO.

_ OI MENINO! SOU NANANDO. ESTOU AQUI PRA SALVÁ-LO.
NÃO É PRECISO TER MEDO, QUE NÃO VOU MACHUCÁ-LO.

NANANDO, ENTÃO, LEVOU EM CIMA DE SI A CRIANÇA.
ATÉ A BEIRA DA PRAIA, DEIXANDO-A EM SEGURANÇA.

OS PAIS DAQUELE MENINO, VENDO AQUILO ACONTECER.
ACERCARAM-SE DE NANANDO, QUERIAM LHE AGRADECER.

A PARTIR DAQUELE DIA, NINGUÉM MAIS SE ASSUSTAVA.
ESTANDO ALGUÉM AFOGANDO, NANANDO CERTO, O SALVAVA.

NANANDO FICOU AMIGO, DE TODOS DAQUELE LUGAR.
TODA CRIANÇA QUERIA, SÓ COM NANANDO BRINCAR.

O CHEFE DOS SALVA-VIDAS, É QUE É, AGORA, O NANANDO.
O QUE SEMPRE QUIS NA VIDA, ALGUÉM ESTAR AJUDANDO.

NANANDO AGORA É FELIZ, SEU SONHO REALIZOU.
NO MAIOR DOS SALVA-VIDAS, FOI QUE ELE SE TORNOU.

Nenhum comentário:

Postar um comentário